RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Padrões de consumo e comportamento alimentar em escolares do 1º ano das escolas municipais de ensino fundamental de São Leopoldo, RS

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Gregoletto, Maria Luísa de Oliveira;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/0621539621276251;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Henn, Ruth Liane;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/2594640651255954;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Padrões de consumo e comportamento alimentar em escolares do 1º ano das escolas municipais de ensino fundamental de São Leopoldo, RS;
metadataTrad.dc.description.resumo A dieta tem sido identificada como um importante componente no processo saúdedoença, nos diferentes ciclos da vida, e a investigação de padrões alimentares permite compreender esta relação. A identificação de padrões a posteriori, geralmente, utiliza métodos estatísticos fundamentados no pressuposto de que indivíduos são organizados em conjuntos de caráter exato de pertencimento. Mas nem sempre os indivíduos pertencem totalmente a um conjunto de características. O Grade of Membership (GoM) constitui-se num método estatístico no qual o indivíduo pode apresentar graus de pertencimento a múltiplos conjuntos, sendo uma boa alternativa na identificação de padrões alimentares. Este estudo teve como objetivo principal identificar padrões de consumo e comportamentos alimentares em escolares do 1º ano, matriculados nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental de São Leopoldo, RS, utilizando o método GoM. Trata-se de um estudo transversal, de base escolar, com 793 escolares. Os dados foram obtidos por meio de questionário padronizado, pré-codificado e pré-testado, aplicado às mães ou responsáveis. Foram coletados dados sócio-demográficos, de consumo, hábitos e comportamentos alimentares, além de informações sobre o número de horas de sono, comportamento sedentário e estado nutricional. Os perfis de consumo e comportamentos alimentares foram gerados por meio da metodologia multivariada GoM, utilizando varáveis internas, utilizadas diretamente na conformação dos perfis, e externas, empregadas para a estratificação dos mesmos. O critério de informação de Akaike foi utilizado para a determinação do número de perfis extremos. Foram identificados 4 perfis de consumo e comportamentos alimentares. O perfil 4 foi o mais prevalente (28,7%), seguido dos perfis 2, 1 e 3 (respectivamente, 26,0%, 23,4% e 21,9%). Dois perfis foram mais claramente definidos como padrão saudável (perfil 1) e padrão não saudável (perfil 3). O perfil 1 caracterizou-se por: consumo frequente de vegetais e frutas; consumo não frequente de embutidos, biscoitos, guloseimas e bebidas açucaradas; realização de 5 refeições/dia e do desjejum e hábito de não comer em frente à televisão, computador ou videogame. Já o perfil 3 foi marcado pelo consumo menos frequente de alimentos saudáveis, consumo frequente de biscoitos e pela não realização das 5 refeições/dia e do desjejum. Os perfis 2 e 4 apresentaram características tanto do padrão saudável quanto não 6 saudável. Os resultados encontrados reforçam a necessidade de elaborar e implementar intervenções de promoção de hábitos alimentares adequados voltados para escolares. Estas estratégias devem ser de cunho intersetorial, contemplando toda a comunidade, as escolas e as famílias. Além da investigação da frequência de consumo alimentar percebe-se a relevância de incluir dados relativos aos hábitos e comportamentos alimentares que influencia na conformação do padrão alimentar da criança.;
metadataTrad.dc.description.abstract Diet has been identified as an important component in the health-disease process, in different life cycles, and the investigation of dietary patterns allows us to understand this relationship. The identification of patterns a posteriori, generally, uses statistical methods based on the assumption that individuals are organized in sets of exact character of belonging. But individuals do not always fully belong to a set of characteristics. The Grade of Membership (GoM) is a statistical method in which the individual can present degrees of belonging to multiple groups, being a good alternative in identifying dietary patterns. The main objective of this study was to identify consumption patterns and eating behaviors in 1st grade students enrolled in Municipal Elementary Schools in São Leopoldo, RS, using the GoM method. This is a cross-sectional, school-based study with 793 students. Data were obtained through a standardized, pre-coded and pre-tested questionnaire, applied to the mothers or guardians. Socio-demographic, consumption, eating habits and behavior data were collected, as well as information on the number of hours of sleep, sedentary behavior and nutritional status. Consumption profiles and eating behaviors were generated using the GoM multivariate methodology, using internal variables, used directly in the conformation of the profiles, and external variables, used for their stratification. Akaike's information criterion was used to determine the number of extreme profiles. Four consumption profiles and eating behaviors were identified. Profile 4 was the most prevalent (28.7%), followed by profiles 2, 1 and 3 (respectively, 26.0%, 23.4% and 21.9%). Two profiles were more clearly defined as healthy pattern (profile 1) and unhealthy pattern (profile 3). Profile 1 was characterized by: frequent consumption of vegetables and fruits; infrequent consumption of sausages, cookies, sweets and sugary drinks; eating 5 meals/day and having breakfast and not eating in front of the television, computer or video game. Profile 3 was marked by less frequent consumption of healthy foods, frequent consumption of cookies and by not having 5 meals/day and breakfast. Profiles 2 and 4 showed characteristics of both healthy and unhealthy patterns. The results found reinforce the need to design and implement interventions to promote adequate eating habits aimed at schoolchildren. These strategies must be of an intersectoral nature, covering the entire community, schools and families. In addition to investigating the frequency of food consumption, the relevance of including data on eating habits and behaviors that influence the conformation of the child's eating pattern is perceived.;
metadataTrad.dc.subject Padrão alimentar; Escolar; Conjuntos difusos; Grade of membership; Food pattern; School; Fuzzy sets;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências da Saúde::Saúde Coletiva;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2013-11-12;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10355;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics