RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Avaliação dos serviços e ambulatórios de atendimento ao HIV/AIDS do estado do Rio Grande do Sul

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Silvestre, Marina Gabriela Prado;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/4700432635772396;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Barcellos, Nêmora Tregnago;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/9038555170562286;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Peruhype, Rarianne Carvalho;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/3996562978085056;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Avaliação dos serviços e ambulatórios de atendimento ao HIV/AIDS do estado do Rio Grande do Sul;
metadataTrad.dc.description.resumo A epidemia do HIV / Aids é uma preocupação mundial, já que em 2015, a estimativa foi de que 36,7 milhões de pessoas viviam com o vírus do HIV no mundo. (UNAIDS, 2016). No Brasil, essa estimativa, no mesmo ano, foi de 827 milhões, sendo que o estado do Rio Grande do Sul (RS) se encontrava entre as unidades federativas com maior taxa de detecção nos últimos 10 anos da epidemia. (BRASIL, 2016a). No estado, dados até o ano de 2013 apontam que aproximadamente 89.312 pessoas estariam infectadas pelo vírus do HIV. (RIO GRANDE DO SUL, 2015). O atendimento das pessoas vivendo com HIV / Aids (PVHA), pelo Sistema Único de Saúde (SUS), faz-se através de uma rede composta por serviços com diferentes configurações, entre elas, estão os Serviços Especializados em HIV / Aids (SAE) e os Ambulatórios de Infectologia vinculados ou não a instituições hospitalares. As ações executadas nos serviços envolvem desde a promoção da saúde e a prevenção do agravo até condutas relacionadas à assistência, ao tratamento, ao monitoramento e à vigilância, tendo como diretriz o atendimento integral e universal à saúde das PVHA, prezando pela melhoria da qualidade de vida las usuários. (BRASIL, 2013).;
metadataTrad.dc.description.abstract The HIV / AIDS epidemic is a global concern, since in 2015, it was estimated that 36.7 million people were living with the HIV virus in the world. (UNAIDS, 2016). In Brazil, this estimate, in the same year, was 827 million, and the state of Rio Grande do Sul (RS) was among the federative units with the highest detection rate in the last 10 years of the epidemic. (BRASIL, 2016a). In the state, data until the year 2013 show that approximately 89,312 people would be infected with the HIV virus. (RIO GRANDE DO SUL, 2015). The care of people living with HIV / AIDS (PLWHA), by the Unified Health System (SUS), is done through a network composed of services with different configurations, among them are the Specialized Services in HIV / AIDS (SAE) and Infectious Outpatient Clinics linked or not to hospital institutions. The actions carried out in the services range from health promotion and disease prevention to conducts related to care, treatment, monitoring and surveillance, with the guideline of comprehensive and universal health care for PLWHA, striving for the improvement of the quality of life of users. (BRAZIL, 2013).;
metadataTrad.dc.subject Infecções por HIV; Sistema Único de Saúde; Pesquisa sobre serviços de saúde; HIV infections; Health Unic System; Health services research;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências da Saúde::Saúde Coletiva;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2017-03-23;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10357;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics