RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Protagonismo político e consciência de classe: o caso dos recicladores de materiais recicláveis do Vale do Rio dos Sinos

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Pasqualeto, Kellen Cristine;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1572341631756034;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Gaiger, Luiz Inácio Germany;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7899986884362210;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Protagonismo político e consciência de classe: o caso dos recicladores de materiais recicláveis do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.description.resumo Esta pesquisa retoma a problemática das classes sociais e explica de que forma e porque se considera que os recicladores e catadores de materiais recicláveis constituem uma classe. Diversos estudos têm evidenciado a importância da articulação política dos trabalhadores para que consigam fazer enfrentamentos necessários em busca de seus direitos. Para compreender esse dinamismo, o referencial teórico escolhido comporta autores marxistas que explicam a atualidade do conceito de classe social a partir de concepção estrutural, de relações e de consciência de classe. Parte-se do pressuposto de que a produção e o mercado compõem os elementos mais precisos de classificação e mobilidade social e de que os conceitos de conflito e de exploração são fundamentais. Em outras palavras, entende-se que as classes sociais expressam a forma como as desigualdades se estruturam na sociedade capitalista. A metodologia utilizada se constitui em estudo de caso único a partir de revisão documental e bibliográfica, entrevistas semiestruradas e pesquisa participante. As técnicas escolhidas para a análise dos dados coletados foram análise de séries temporais e análise de conteúdo. O campo deste estudo é o Fórum dos Recicladores do Vale dos Sinos (FRVS), no Rio Grande do Sul, que desde 2002 articula os recicladores da região em torno de suas atividades, promovendo a união das associações e cooperativas da região, reestruturando as relações de produção com princípios de solidariedade e colaboração. Tomando como base o conceito de consciência de classe, composta, neste estudo, pelas relações de classe e pelas visões de mundo dos recicladores, buscou-se investigar em que medida a articulação coletiva em torno do Fórum dos Recicladores do Vale dos Sinos (FRVS) se constitui como um espaço de fortalecimento da consciência de classe dos trabalhadores envolvidos. Diferentemente de medir níveis de consciência, este estudo traz elementos para compreender as dinâmicas do FRVS, que não podem ser caracterizadas por meio de mudanças lineares ou evolutivas, mas a partir de processos de rupturas e continuidades. O fato de os trabalhadores reunirem-se em torno de suas cooperativas pode ser analisado, em termos marxistas, na prática que constituiu uma classe em si, ou seja, uma classe em relação ao capital. A articulação política mais ampla, como a que ocorre no FRVS, pode ser entendida como o exercício para que os recicladores se tornem uma classe para si mesmo, isto é, que o grupo eleve a necessidade econômica de sua luta de classe ao nível de uma vontade consciente, de uma consciência de classe ativa. Por fim, compreende-se o conceito de classe não como um dado fixo, definido apenas pelas determinações econômicas ou de renda, mas composto por atores sociais, políticos e culturais que agem, se constituem, interpretam a si mesmos e se transformas por meio da luta e relações de classes, tendo a práxis - um fazer histórico - como perspectiva significativa.;
metadataTrad.dc.description.abstract This research resumes a problematic of social classes and explains how and why recyclable materials scavengers can be considered a class. Several studies have been demonstrating the importance of the political articulation of the workers for the battles required to pursuit their rights. In order to understand this dynamism, the theoretical framework adopted in this thesis involves Marxist authors who explain the topicality of the concept of social class from a structural conception, from relations and, from class consciousness. It is based on the assumption that the production and the market constitute the most precise elements of classification and social mobility as well as the fundamental conception of conflicts and exploitation. In other words, it means that social classes express the way in which inequalities are structured in capitalist society. A methodology used is a single case study based on documentary and bibliographic research, semi-structured interviews and participant research. The techniques chosen for data analysis were time series analysis and content analysis. The field study is the Fórum dos Recicladores do Vale dos Sinos (FRVS), in Rio Grande do Sul, which since 2002 has been articulating the region's scavengers around their activities, promoting a union of associations and cooperatives in the region, restructuring production relations on solidarity and collaboration principles. Based on the concept of class consciousness, which was composed, in the study, by class relations and by scavengers worldviews, this research aims to investigate the extent to which a collective articulation around the Fórum dos Recicladores do Vale dos Sinos (FRVS) constitute itself as a space for strengthening the class consciousness of the workers involved. Differently from measuring levels of consciousness, this study brings elements to comprehend the FRVS dynamics, which cannot be characterized by linear or evolutionary changes, but from processes of ruptures and continuities. The fact that workers gather around their cooperatives can be analyzed, in Marxist terms, in practice as a class in itself, that is, a class in relation to capital. A broader political articulation, such as occurs into FRVS, can be understood as the exercise for scavengers to become a class for itself, i.e., that the group elevates the economic necessity of its class to the level of conscious awareness, of an active class consciousness. Finally, the concept of class is understood not as a fixed datum, defined only by economic or income determinations, but composed by social, political and cultural actors who act, are constituted, interpret themselves and are transformed through the struggle and relations of classes, having a praxis - a historical doing - as a meaningful perspective.;
metadataTrad.dc.subject Reciclagem; Resíduos sólidos; Classe social; Consciência de classe; Recycling; Solid waste; Social class; Class consciousness;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Sociologia;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2018-03-19;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/7043;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics