RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Características sociodemográficas e clínicas dos usuários de Ambulatório de Saúde Mental e sua relação com a capacidade de mentalização

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Silva, Rosilene Pereira da;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Serralta, Fernanda Barcellos;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/5104885990292761;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Características sociodemográficas e clínicas dos usuários de Ambulatório de Saúde Mental e sua relação com a capacidade de mentalização;
metadataTrad.dc.description.resumo A presente dissertação buscou identificar as características sociodemográficas e clínicas dos usuários de um Ambulatório da Saúde Mental em Imperatriz/MA e sua relação com a capacidade de mentalização. A dissertação foi organizada em dois artigos que contemplam, respectivamente, os objetivos específicos propostos. Em ambos estudos a amostra foi de 80 usuários do referido ambulatório que tiveram seus prontuários examinados e responderam ao Inventário Breve de Sintomas Psiquiátricos/Brief Symptom Inventory – BSI e ao questionário Reflective Functioning Questionnaire – RFQ, que avaliam, respectivamente sintomas característicos de diversas síndromes psiquiátricas e prejuízos na função reflexiva (ou capacidade de mentalização). O primeiro estudo visou identificar as características sociodemográficas e clínicas dos usuários do ambulatório e verificar a possível associação entre intensidade de sintomas com as variáveis idade, sexo e escolaridade. Já o segundo estudo investigou a associação entre mentalização e sintomas psiquiátricos, examinando se prejuízos na capacidade de mentalização (certeza e incerteza) explicam a severidade de diferentes grupamentos de sintomas referidos pelos usuários.;
metadataTrad.dc.description.abstract The present dissertation aimed to identify the sociodemographic and clinical characteristics of the clients of a Mental Health Ambulatory in Imperatriz – MA and its relationship with the mentalization capacity. The dissertation was organized in two articles that include, respectively, the specific objectives proposed. In both studies, the sample consisted of 80 users of the outpatient clinic who had their clinical records examined and responded to the Brief Symptom Inventory - BSI and to the Reflective Functioning Questionnaire - RFQ, that respectively measure symptoms of various psychiatric syndromes and impairment in reflexive function (or mentalization ability). The first study aimed to identify the sociodemographic and clinical characteristics of the clients and to verify the possible association between intensity of symptoms with the variables age, sex and schooling. The second study investigated the association between mentalization and psychiatric symptoms, examining whether impairments in the ability to mentalize (certainty and uncertainty) explain the severity of different groups of symptoms reported by clients.;
metadataTrad.dc.subject Psicopatologia; Usuários; Saúde mental; Mentalização; Função reflexiva; Psychopathology; Users; Mental health; Mentalization; Reflective function;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Psicologia;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2019-07-30;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/8945;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Psicologia;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics