RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

A compartimentação hidrogeológica do Sistema Aquífero Serra Geral (SASG) e Sistema Aquífero Guarani (SAG): um estudo na região da escarpa basáltica nordeste do Rio Grande do Sul

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Silva, Rafaela Christ da;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/7610730234597105;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Tognoli, Francisco Manoel Wohnrath;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/5634161518689104;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Reginato, Pedro Antonio Roehe;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/7651498922055692;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola Politécnica;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title A compartimentação hidrogeológica do Sistema Aquífero Serra Geral (SASG) e Sistema Aquífero Guarani (SAG): um estudo na região da escarpa basáltica nordeste do Rio Grande do Sul;
metadataTrad.dc.description.resumo A área de estudo, situada na porção sul da Bacia do Paraná, no nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, possui como fontes de abastecimento dois importantes sistemas aquíferos, o Guarani (SAG) e o Serra Geral (SASG). O primeiro, constituído pela porosidade secundária nas rochas vulcânicas da Formação Serra Geral e o segundo, pela porosidade primária nos arenitos da Formação Botucatu. Por abranger uma zona de contato litológico, as estruturas tectônicas que interceptam as pilhas de derrames vulcânicos podem afetar as rochas areníticas do SAG e dependendo de suas características como orientação e tipo de fraturamento, proporcionar a conexão entre os dois aquíferos, afetar diretamente a sua produtividade, e promover a compartimentação hidrogeológica. Para o presente estudo foram utilizados dados de 375 poços que captam água subterrânea do SASG, do SAG e de ambos os sistemas, a fim de avaliar as características hidrodinâmicas, de potenciometria e altimetria do contato litológico. Estes dados foram analisados juntamente com lineamentos estruturais regionais, medidas de juntas em mais de 100 afloramentos de rochas vulcânicas e areníticas e análises petrográficas para avaliação da porosidade e tipos de cimento. Os resultados demonstraram a ocorrência de compartimentos hidrogeológicos distintos controlados por zonas de falha de orientação NW,NNW, and NNE, conexão por juntas e, localmente, falhas. As características texturais e composicionais dos arenitos controlam a preservação ou obliteração do sistema poroso e determinam seu comportamento produtivo como aquífero. A superfície do contato entre as formações Botucatu e Serra Geral é favorável à circulação e armazenamento de água subterrânea conforme corroborado por 93% dos poços que atravessaram essa superfície. A integração dos resultados permitiu propor um modelo hidrogeológico conceitual integrando os sistemas aquíferos Guarani e Serra Geral.;
metadataTrad.dc.description.abstract The study area, located in the southern portion of the Paraná Basin, in the northeast of the State of Rio Grande do Sul, Brazil, has as supply sources two important aquifer systems, the Guarani (SAG) and the Serra Geral (SASG). The first, constituted by the secondary porosity in the volcanic rocks of the Serra Geral Formation and the second, by the primary porosity in the sandstones of the Botucatu Formation. As it covers a lithological contact zone, the tectonic structures that intercept the volcanic spill piles can affect the SAG sandstone rocks and, depending on their characteristics such as orientation and type of fracturing, provide the connection between the two aquifers, directly affect its productivity , and promote hydrogeological compartmentation. For the present study, data from 375 wells that capture groundwater from the SASG, the SAG and both systems were used, in order to evaluate the hydrodynamic characteristics, potentiometry and altimetry of the lithological contact. These data were analyzed along with regional structural lineaments, joint measurements in more than 100 outcrops of volcanic and sandstone rocks, and petrographic analyzes to assess porosity and cement types. The results demonstrated the occurrence of distinct hydrogeological compartments controlled by fault zones of NW, NNW, and NNE orientation, connection by joints and, locally, faults. The textural and compositional characteristics of sandstones control the preservation or obliteration of the porous system and determine its productive behavior as an aquifer. The contact surface between the Botucatu and Serra Geral formations is favorable for the circulation and storage of groundwater as corroborated by 93% of the wells that crossed this surface. The integration of results allowed proposing a conceptual hydrogeological model integrating the Guarani and Serra Geral aquifer systems.;
metadataTrad.dc.subject Fluxo subterrâneo; Conexão fraturado-granular; Lineamentos; Compartimentalização tectônica; Bacia do Paraná; Underground flow; Fractured-granular connection; Lineaments; Tectonic compartmentalization;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Exatas e da Terra::Geologia;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2019-07-23;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9832;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Geologia;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics