RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Pensamentos (neo)liberais sobre educação: uma análise da produção discursiva do Instituto de Estudos Empresariais (1994-2020)

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Leandro, João Abel Pasini;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/7646333139970315;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Klaus, Viviane;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8988903289836641;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Pensamentos (neo)liberais sobre educação: uma análise da produção discursiva do Instituto de Estudos Empresariais (1994-2020);
metadataTrad.dc.description.resumo O crescimento de discursos à direita do espectro político tem recebido especial atenção de pesquisadores de inúmeros países do ocidente, inseridos no campo das ciências humanas. Como aspecto comum às ascensões das direitas pelo mundo, nota-se a sobreposição do discurso econômico perante as formas de organização social, bem como a própria vida intima dos sujeitos, em um processo de racionalização das práticas cotidianas, ao qual vem sendo nomeado de neoliberalismo. No campo educacional, os discursos neoliberais atuam, principalmente, em função de reformar tanto a escola quanto a comunidade escolar, para que convirjam às logicas da concorrência e do individualismo. Contudo, há especificidades intrínsecas às formações discursivas neoliberais que necessitam ser examinadas. Ciente disso, este trabalho buscou compreender de que forma os discursos reformistas sobre a área educacional, veiculados pela série de livros Pensamentos Liberais, desde o seu primeiro volume, em 1994, até o vigésimo quarto, em 2020, produzem concepções de educação (neo)liberal no Brasil contemporâneo. Os objetivos do estudo foram: narrar de que forma o Fórum da Liberdade de Porto Alegre tornou-se um dos principais produtores de discursos neoliberais no Brasil contemporâneo; enunciar as práticas discursivas relacionadas à Educação, engendradas pela série de livros Pensamentos Liberais; analisar os meios pelos quais as práticas discursivas da série Pensamentos Liberais inscreveram o discurso das reformas educacionais em um regime de verdade; e discutir os efeitos das concepções de educação (neo)liberal no campo educacional brasileiro. Para tanto, o procedimento realizado foi o de análise documental, compreendendo os documentos como monumentos históricos. Considerou-se os 24 volumes da série de livros Pensamentos Liberais (1994-2020) como um arquivo documental de um corpus empírico composto por 17 artigos em que a temática educacional é o foco de discussão, além de outros 19 artigos com discussões não centralizadas à área educacional, mas com o tema tangenciado de alguma forma. A partir de uma trituração dos materiais, emergiram os seguintes acontecimentos discursivos para a discussão: a Teoria do Capital Humano; a dicotomia entre o investimento em ensino básico x ensino superior; o modelo de financiamento de voucher educacional; o imperativo da valorização salarial de professores de acordo com o seu desempenho; a adoção de métricas comparativas entre gastos do Produto Interno Bruto x resultados de avaliações em larga escala; e o “problema” da educação pública ter seu currículo definido pelo Estado. Concluiu-se que a produção discursiva da educação neoliberal brasileira mescla valores oriundos de duas escolas econômicas, de Chicago e Austríaca, a fim de forjar sujeitos individualistas e críticos a incentivos sociais, os quais seriam imorais perante o mercado e restringiriam a liberdade de escolha, alcançada apenas com aceitação do egoísmo como devir da existência.;
metadataTrad.dc.description.abstract The rise of discourses to the right of the political spectrum has been garnering special attention of Human Science’s researchers from various Western countries. As a common aspect of the rising of the right around the globe, it is noteworthy the overlap of the economic discourse in related to the forms of social organizing, as well as the subject’s own intimate life, in a process of rationalization of daily practices, that has been named neoliberalism. In the educational field, neoliberal discourses act, mainly, with the scope of reforming the schools as well as the school’s community, to converge to the logics of competition and individualism. Yet, there are intrinsic specificities to the formation of the neoliberal discourse that need to be examined. Aware of that, this article aimed to comprehend the ways in which reformist discourses about the educational area vehiculated by the book series Pensamentos Liberais, since its first volume, in 1994, until its twenty-fourth, in 2020, produced (neo)liberal educational concepts in contemporary Brazil. The goals of the study were: to narrate in what ways the Freedom Forum of Porto Alegre became one of the main producers of neoliberal discourses in contemporary Brazil; to enunciate the discursive practices as it relates to Education, engendered by the book series Pensamentos Liberais; to analyze the means in which the discursive practices of the Pensamentos Liberais books inscribe the discourses of educational reforms in a real regime; and to discuss the effects of the (neo)liberal concepts of education in the Brazilian educational field. Therefore, the proceedings of a documentary analysis, with the comprehension of adopting the documents as historical monuments. The 24 volumes of the Pensamentos Liberais book series were considered as a documentary archive of an empirical corpus composed of 17 articles in which the educational theme was the focus of the discussion, in addition to other 19 articles with non-centralized discussions pertaining to the educational area, but in which the theme was somehow discussed. From a shredding of the materials, emerged the following events discursive to the discussion: the Human Capital Theory; the dichotomy between elementary education x university education investments, the model of financing of the educational voucher; the imperative of the teachers’ wage valorization according to their performances; the adoption of comparative metrics between Gross Domestic Product expenditures x large-scale assessments’ results; and the “problem” of public education having a State-defined curriculum. It was concluded that the discursive production of Brazilian neoliberal education mixes values that originate in the Chicagoan and Austrian economic schools of thought, with the scope to forge individualist subjects critical to social incentives, which would be immoral towards the Market and would restrict freedom of choice, achieved only with the acceptance of selfishness as an existence’s Becoming.;
metadataTrad.dc.subject Think tanks; Comunidade escolar; Política; Economia; Discurso; School community; Politics; Economics; Discourse;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Educação;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2021-03-30;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9978;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Educação;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics