RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Eu sou nós: a cidadania comunicativa intercultural nas inter-relações das pessoas comunicantes com o filme Residente

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Rodrigues, Raiana da Silva;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/0088512567371489;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Bonin, Jiani Adriana;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/5067996940631872;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Eu sou nós: a cidadania comunicativa intercultural nas inter-relações das pessoas comunicantes com o filme Residente;
metadataTrad.dc.description.resumo Essa aventura investigativa é sobre inter-relações comunicativas. Pego a minha luneta e outras ferramentas necessárias para a viagem tendo um foco – as inter-relações de pessoas comunicantes com o filme Residente. Nessa viagem, busco descobrir se estas relações possibilitam a reflexão e o reconhecimento das diferenças identitárias de maneira a contribuir para a construção de uma cidadania comunicativa intercultural. A fim de compreender os entornos da problemática, realizo um movimento de contextualização em torno do objeto de referência, buscando e mapeando as processualidades e apropriações que o envolvem. Para embasar as descobertas, chamo para os diálogos autoras/es que dão conta dos aportes teórico-metodológicos e as pessoas que participaram das entrevistas. Para dar conta desta caminhada e do seu desafio, oriento sua dimensão epistêmica, pela transmetodologia, que orientou todos os processos e arranjos metodológicos realizados. Para pensar os processos comunicacionais investigados, procuro me nutrir de perspectivas para pensar a midiatização, as identidades culturais, as pessoas comunicantes e a cidadania comunicativa intercultural. Na pesquisa empírica, realizo uma fase exploratória, a partir de questionários disponibilizados em ambientes digitais, para fundamentar as escolhas das pessoas coparticipantes da fase sistemática da pesquisa. Nesta fase, que contou com oito participantes, realizo entrevistas em profundidade e uma dinâmica para mapear as imagens/narrativas do filme relevantes para estas/es entrevistadas/os. A partir dos diálogos de quem são essas pessoas e de como elas percebem e entendem o mundo, foi possível observar que o filme contém elementos que colaboram para fazer ver as realidades culturais que há muito tempo foram negadas, incompreendidas e excluídas e ampliar a compreensão das pessoas sobre a multiplicidade e pluralidade das identidades culturais para a construção de uma cidadania comunicativa intercultural.;
metadataTrad.dc.description.abstract This investigative adventure is about communicative interrelationships. I pick up my spyglass and other necessary tools for the trip with a focus - the interrelationships of people communicating with the film Residente. On this journey, I seek to discover whether these relationships make it possible to reflect and recognize identity differences in order to contribute to the construction of an intercultural communicative citizenship. In order to understand the surroundings of the problem, I make a movement of contextualization around the object of reference, seeking and mapping the proceduralities and appropriations that involve it. To support the findings, I call on the author / s dialogues that give account of the theoretical-methodological contributions and the people who participated in the interviews. To deal with this journey and its challenge, I guide its epistemic dimension, through transmethodology, which guided all the processes and methodological arrangements carried out. To think about the investigated communication processes, I try to nurture myself from perspectives to think about mediatization, cultural identities, communicating people and intercultural communicative citizenship. In empirical research, I carry out an exploratory phase, based on questionnaires made available in digital environments, to support the choices of people who participate in the systematic phase of the research. In this phase, which had eight participants, I conduct in-depth interviews and dynamics to map the images / narratives of the film relevant to these interviewees. From the dialogues of who these people are and how they perceive and understand the world, it was possible to observe that the film contains elements that collaborate to show the cultural realities that have long been denied, misunderstood and excluded and to broaden the understanding of people about the multiplicity and plurality of cultural identities for the construction of an intercultural communicative citizenship.;
metadataTrad.dc.subject Filme Residente; Cidadania comunicativa intercultural; Identidades culturais; Pessoas comunicantes; Mediações culturais; Resident movie; Intercultural communicative citizenship; Cultural identities; Communicating people; Cultural mediations;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Sociais Aplicadas::Comunicação;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2021-05-31;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10091;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics