RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Violência conjugal: o impacto das experiências na família de origem e das características patológicas da personalidade

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Madalena, Marcela Bianca de Andrade;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/8041365418045887;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Falcke, Denise;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/6812007302468537;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Violência conjugal: o impacto das experiências na família de origem e das características patológicas da personalidade;
metadataTrad.dc.description.resumo A violência conjugal é um fenômeno heterogêneo, que é apresentado na literatura como ocorrendo de forma uni e bidirecional entre os cônjuges. Diversas variáveis estão associadas à sua ocorrência, dentre elas características pessoais dos envolvidos. O objetivo desta dissertação foi investigar o papel das experiências na família de origem e das características patológicas da personalidade na ocorrência da violência conjugal. Para tanto foram realizados dois estudos: 1) Uma revisão sistemática da literatura que buscou investigar os transtornos da personalidade associados à violência conjugal. Nesta revisão foram consultadas cinco bases de dados, restringindo aos anos de 2009 a 2014. Os resultados apontaram os transtornos da personalidade Borderline e Antissocial como os mais freqüentes, embora quando investigados outros transtornos também se identificou associação. Também se observou que a maioria dos estudos investigou amostra de homens perpetradores, mas quando investigaram amostra de casais identificou-se aspectos diádicos impactando a violência conjugal. 2) O segundo artigo foi um estudo empírico, quantitativo de caráter explicativo, que buscou investigar o poder preditivo das experiências na família de origem e das características patológicas da personalidade para a violência conjugal. A amostra deste estudo constituiu-se de 170 casais heterossexuais da região metropolitana de Porto Alegre. Os participantes responderam aos seguintes instrumentos: Inventário Dimensional Clínico da Personalidade (IDCP), Family Background Questionnaire (FBQ) e a Revised Conflict Tactics Scale (CTS2). Foi realizada análise de regressão linear múltipla, através do método stepwise. A violência cometida e sofrida pelas mulheres foi melhor explicada por características patológicas da personalidade, enquanto que a violência cometida e sofrida pelos homens foi melhor explicada por experiências na família de origem. Com relação às características patológicas da personalidade, Instabilidade de Humor para as mulheres e Agressividade para os homens foram as que explicaram a violência cometida. Estas características aproximam-se de características da personalidade Borderline e Antissocial. Não foram identificadas associações das características do parceiro com a violência conjugal do indivíduo.;
metadataTrad.dc.description.abstract Intimate partner violence is a heterogeneous phenomenon that is presented in the literature to occur so unidirectional and bidirectional between spouses. Several variables are associated with its occurrence, among them personal characteristics of those involved. The aim of this work was to investigate the role of experiences in family of origin and pathological characteristics of personality in the occurrence of intimate partner violence. Therefore, we conducted two studies: 1) A systematic literature review that investigated the personality disorders associated with intimate partner violence. In this review were consulted five databases, restricting the years 2009 to 2014. The results showed Borderline and Antisocial personality disorder as the most frequent, although when investigated other personality disorders also indicated association. We also observed that most studies investigated sample of male perpetrators, but when investigated sample of couples, identified dyadic aspects impacting intimate partner violence. 2) The second article was an empirical study, quantitative, explanatory that investigated the predictive power of the experiences in family of origin and pathological characteristics of personality to intimate partner violence. The sample consisted of 170 heterosexual couples in the metropolitan region of Porto Alegre. Participants responded to the following instruments: Dimensional Clinical Personality Inventory (IDCP), Family Background Questionnaire (FBQ) and the Revised Conflict Tactics Scale (CTS2). Multiple linear regression analysis was performed by the stepwise method. Violence committed and suffered by women was best explained by pathological characteristics of personality, while the violence committed and suffered by men was best explained by experiences in the family of origin. With regard to pathological characteristics of personality, instability of humor for women and aggressiveness for men were the ones that explained the violence committed. These characteristics are similar to the Borderline and Antisocial personality disorder traits. Only the individual characteristics were associated with intimate partner violence, no partner characteristic correlated.;
metadataTrad.dc.subject Violência conjugal; Transtornos da personalidade; Família de origem; Maus-tratos infantis; Intimate partner violence; Personality disorders; Family of origin; Child maltreatment;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Psicologia;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2015-04-25;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CNPQ – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10345;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Psicologia;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics