RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Representações sociais de saúde e doença dos profissionais de enfermagem do noturno: guia para propor ações em educação e saúde

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Leal, Beloní Gabe;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1927298627356937;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Leal, Sandra Maria Cezar;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/3261740599490553;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Representações sociais de saúde e doença dos profissionais de enfermagem do noturno: guia para propor ações em educação e saúde;
metadataTrad.dc.description.resumo Este estudo aborda as representações sociais (RS) de saúde e doença na perspectiva dos profissionais de enfermagem que trabalham no turno da noite. As RS refletem o modo como indivíduos, grupos e sujeitos sociais constroem seu conhecimento a partir de sua inscrição social e cultural. O objetivo foi elaborar ações de educação em saúde, para os profissionais de enfermagem do turno da noite, a partir de suas representações sociais de saúde e doença, relacionadas ao trabalho noturno. O estudo foi realizado à luz das RS, com base na teoria do núcleo central. O campo de estudo foi uma instituição hospitalar da rede privada, localizada em Porto Alegre/RS. Participaram 100 profissionais de enfermagem que exercem atividades no turno da noite. A coleta deu-se por meio de questionário com questões estímulos. Para a análise das evocações, utilizou-se o software Ensemble de Programmes Permettant l’Analyse des Evocations. Seguiu-se a Resolução nº. 466/2012. As RS dos profissionais de enfermagem do noturno acerca do pré-plantão foram constituídas por atributos que representam a necessidade de organização prévia, bem antes de iniciar a jornada de trabalho. Também evocaram o esforço para superar o cansaço e a sonolência, exigindo um ritmo de alerta e maior concentração no trabalho. No pós-plantão emergiram evocações relacionadas ao cansaço, ao sono e à necessidade de descanso, representando a longa jornada de trabalho noturno com 12 horas consecutivas. As RS do plantão noturno, relacionadas à saúde foram constituídas por vocábulos como alimentação, dores, insônia, obesidade, sedentarismo e sono, que indicam o plantão noturno como espaço de “não saúde”. As RS relacionadas à doença foram constituídas pelas evocações: dores, ansiedade, depressão, insônia, hipertensão, obesidade e varizes. Esse mesmo grupo evoca vocábulos que representam a preocupação em prevenir essas doenças ou outras e suas causas. As RS do plantão noturno relacionadas à vida social e familiar foram constituídas por evocações que determinaram a falta de tempo, a ausência e a saudade, apontando que o trabalho à noite pode dificultar as relações sociais e familiares, com desencontros, ausências em comemorações e em momentos de lazer junto com a família. As RS dos profissionais de enfermagem acerca do pré e pós-plantão noturno relacionadas à sua saúde, à doença e à sua vida social guiaram e respaldaram a proposta de intervenção deste estudo, pautada nos princípios de educação em saúde e de promoção da saúde. Ações de educação em saúde foram constituídas em três dimensões do cuidado: elaboradas para os profissionais de enfermagem, para a gestão assistencial e para a instituição. Considera-se que o conjunto de ações de educação em saúde pode contribuir para a qualificação das condições do trabalho noturno dos profissionais de enfermagem.;
metadataTrad.dc.description.abstract This essay will discuss the social representations (SR) of health and illness on the perspective of nurses that work on the night shift. The SR reflect the way individuals, groups and social personas make up their knowledgement by taking as reference their own social and cultural contexts. The objective of this essay was to create actions on health education for nurses that work in the night shift, taking as a starting point their social representations on night shift work schedule.The study was focused on SR and based on the central nucleus theory. A private hospital located in Porto Alegre/RS was used as field of study. One hundred nurse professionals from the night shift took part of the study. A questionnaire containing stimulus questions was used for data collection. The software Ensemble de Programmes Permettant l’Analyse des Evocations was used to analyse the evoked words. The essay was done in conformity with the Resolution 446/2012. Night shift nurses’ SR concerning the moment before their duties were constituted by attributes that represent their necessity of previous organization. The effort to keep themselves awake and rested was evoked as well, once their shift requires them to be much more aware and concentrated on their tasks than those of the morning shift. The participants also claimed about being tired, sleepy and needed of resting on the post shift period, reflections of their working journey of 12 hours in a roll. The night shift SR related to health were composed by words such as: food, pain, insomnia, obesity, sedentary lifestyle and sleepiness – what points the night shift as a non healthy environment. The SR related to illness were composed by the words: pain, anxiety, depression, insomnia, hypertension, obesity and varicose veins. This same group evokes words that represent their worrying on preventing those illness or similar ones and its causes. The SR related to their personal lives were composed by evocations such as lack of time, absence and longing, what points the night shift as an obstacle for the maintenance of social and parental relationships, once night shift workers can’t always be present on family’s parties and friends hangouts. The SR related to the period before and after the night shift, to workers’ health, to illness and to workers’ personal lives, guided and endorsed this study’s intervention proposal, based on health education and health promotion principles. Health education actions were composed based on three caring dimensions: towards the nurses, towards the care management and towards the institution. A series of actions of health education can contribute for the better qualification of night shift workers environment.;
metadataTrad.dc.subject Representações sociais; Plantão noturno; Enfermagem; Social representations; Night shift; Nurse care;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências da Saúde::Enfermagem;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2015-09-30;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4951;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Enfermagem;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics