RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Estratégias para a cobertura do rastreamento populacional do câncer de colo de útero e de mama em uma área rural da estratégia de Saúde da Família de Caxias - Maranhão

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Ross, José de Ribamar;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/7184902150909953;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Viégas, Karin;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8704792892767752;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Estratégias para a cobertura do rastreamento populacional do câncer de colo de útero e de mama em uma área rural da estratégia de Saúde da Família de Caxias - Maranhão;
metadataTrad.dc.description.resumo Objetivo: desenvolver estratégias para qualificar o rastreamento populacional do câncer de colo de útero e de mama, realizadas pela equipe de Saúde da Família do Caxirimbu, zona rural de Caxias – Maranhão. Método: Estudo observacional do tipo transversal com etapa intervencionista. A amostra por conveniência onde foram entrevistadas 211 mulheres na faixa etária 38 a 69 anos, no período de 01 de abril a 01 de setembro de 2015, conforme a distribuição das residências, censitariamente, nos distritos sanitários da zona rural do Caxirimbu e os critérios de seleção. Foi utilizada a técnica do georreferenciamento para se obter informações geográficas, com coordenadas de GPS. Os dados foram analisados por estatística descritiva, expressos por média, desvio padrão, utilizando-se o programa estatístico SPSS® versão 21.0. Resultados: Das 211 mulheres 94 % (n=198) já havia realizado o exame de citologia oncótica e 63% haviam realizado a mamografia de rastreamento. De acordo com a tabela acima verifica-se que 2,4% (n=5) informaram história de HPV e 82,5% (n=174) informaram não fazer uso de preservativo. Dos fatores de risco do câncer de mama, os que mais chamam atenção nesta amostra (Tabela 3) correspondem a idade maior que 55 anos 77,7% (n=164), o sedentarismo 60,7% (n=128), história de tabagismo 48,3% (n=102) e a altura inferior a 1,70m 99,1% (n=209). A fim de qualificar o rastreamento do câncer de colo de útero e mama implantou-se as intervenções: padronização de fichas, georreferenciamento, construção de aplicativo de celular, planilhas em Excel e mapas bem como a realização de treinamento da equipe de saúde local sobre essas ferramentas de organização. Conclusão: apesar da baixa escolaridade, a cobertura do exame do colo uterino atingiu a meta preconizada, o que não ocorreu com o exame de mamografia. As ferramentas produzidas para o serviço foram essenciais para organizar o modelo estratégico de rastreamento da unidade.;
metadataTrad.dc.description.abstract Objective: To develop strategies to improve population screening for cervical and breast cancer developed by the Health Strategy Caxirimbu Family, Caxias - Maranhão. Methods: An observational cross-sectional study with interventional step. The sample was random and in the interests 211 of women aged 38-69 years in the period from April 1 to September 01, 2015, as the distribution of residences, censitary, in the health districts of Caxirimbu and criteria selection. The georeferencing technique was used to obtain geographical information with GPS coordinates. Data were analyzed using descriptive statistics, expressed as mean, standard deviation, using the statistical program SPSS version 21.0. Results: 211 women were interviewed in the age group 38-69 years in the period from April 01 to September 01, 2015. Of the 211 women, at most 94% had conducted the examination of cytology and 63% had undergone mammography tracking. Among the risk factors associated with cervical cancer is observed that the prevalence of HPV is low (2.4%), 82.5% of women do not use condoms, 7.1% of sexually transmitted diseases. Among the risk factors for breast cancer, 77.7% were over 55 years old; 9.5% had menarche before 12 years of age; 4.7% were nulliparous; 6.6% had never breastfed, 1.4% had undergone hormonal replacement therapy> 5 years; 4.3 had menopause after age 55; 48.3% smoked; 22.3% had a BMI> 30; 60.7% sedentary; 12.8% used alcohol; 99.1% shorter than 1,70cm and 7.1% with a history of breast cancer in the family. Conclusion: despite the low level of education, coverage of cervical examination reached the recommended target, which did not occur with mammography. The tools produced for the service were essential to organize the strategic model tracking unit.;
metadataTrad.dc.subject Neoplasias do colo do útero; Neoplasias da mama; Programas de rastreamento; Atenção primária à saúde; Uterine cervical neoplasms; Breast neoplasms; Mass screening; Primary health care;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências da Saúde::Enfermagem;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2016-03-11;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/5211;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Enfermagem;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics