RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

O clube de inglês de um colégio militar como uma prática colaborativa e transformadora: percepções dos participantes frente a uma perspectiva sociocultural

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Martin, Daniela Roza;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/3234040959385526;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Nicolaides, Christine Siqueira;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7259165987281866;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title O clube de inglês de um colégio militar como uma prática colaborativa e transformadora: percepções dos participantes frente a uma perspectiva sociocultural;
metadataTrad.dc.description.resumo É comum perceber nos aprendizes de hoje o desejo de construir o saber em diferentes espaços que não se limitem apenas à sala de aula regular. Nesse contexto de aprendizagem, encontra-se o projeto dos teatros musicais, espetáculos performados em língua inglesa por alunos do Clube de Inglês de um colégio militar localizado no estado do Rio Grande do Sul. Essa atividade extracurricular nasceu da iniciativa dos próprios membros do grupo, e almeja mais que o desenvolvimento cognitivo dos educandos. Com esse projeto, busca-se incentivar o empoderamento dos aprendizes rumo a uma educação colaborativa e transformadora, o que, consequentemente, culmina com o desenvolvimento sócio-histórico-cultural dos envolvidos. Assim, surgiu meu interesse por este estudo de caso, que visa analisar a importância da formação de uma comunidade de prática (CoP) para o desenvolvimento colaborativo e transformador dos aprendizes de inglês envolvidos nessa atividade extraclasse. A pesquisa teve duração de quatro meses e contou com a participação de seis membros do Clube de Inglês selecionados para o estudo, além de dois professores orientadores do projeto. Devido à pandemia da Covid-19, a geração dos dados foi realizada inteiramente na modalidade remota, tendo como instrumentos de pesquisa um livro de memórias, um questionário inicial, registros de uma roda de conversa e de narrativas individuais geradas através das entrevistas semiestruturadas com cada um dos participantes. Dos dados obtidos, identificaram-se alguns conceitos de matriz sociocultural que compõem o modelo de aprendizagem colaborativa e transformadora (ACT), são eles: investimento, agência, autonomia e perezhivanie. Por meio da triangulação dos dados, buscou-se reconhecer o Clube de Inglês como uma comunidade real de prática, refletindo sobre o papel das emoções nesse contexto e sobre a ressignificação do desenvolvimento da língua adicional dos participantes. Isso resultou em uma reflexão da escola como um espaço de transformação social, em que a língua é vista como um fim e um meio para colaborar com o desenvolvimento de outras áreas do conhecimento.;
metadataTrad.dc.description.abstract It is common nowadays to see in learners the desire to build knowledge in different spaces that are not only limited to the regular classroom. In this context of learning emerges the musical project performed in English by students from the English Club of a military school in the state of Rio Grande do Sul. This extracurricular activity was initiated by the students themselves, having as objective more than their own cognitive development. Through this project, it is aimed to encourage learners’ empowerment towards a collaborative and transformative education, and subsequently, contribute to the socio-historical-cultural development of those involved. Thus, this case study aims to analyze the importance of the formation of the community of practice (CoP) for the collaborative and transformational development of English learners in extracurricular activities. The research lasted four months and counted on the participation of six members from the English Club selected for this research, as well as the two guiding teachers in charge of the project. Due to Covid-19 pandemic, the data generation was obtained exclusively remotely. It was used as instruments a memoir of one of the musical pieces, an initial questionnaire, some data obtained from conversation wheel and the narratives generated through individual semi-structured interviews with each participant. From the generated data, it was identified that this acting project brought to discussion some concepts of socio-cultural matrix that constitute the Collaborative and Transformative learning model (ACT), they are investment, agency, autonomy and perezhivanie. Through the triangulation of data, we sought to recognize the English Club as a real community of practice, reflecting on the role of emotions in this context and the resignification of the development of the participants' additional language, which resulted in a reflection of the school as a space of social transformation, where language is seen as an end and a means to collaborate with the development of other areas of knowledge.;
metadataTrad.dc.subject Colégio Militar; Língua adicional; Aprendizagem Colaborativa e Transformadora (ACT); Comunidade de Prática (CoP); Military School; Additional language; Collaborative and Transformative Learning (CTL); Community of Practice (CoP);
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2021-03-31;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10306;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics