RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Os invisíveis da Prova Brasil: uma análise da avaliação em larga escala considerando a posição (ou a visibilidade) dos alunos

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Welter, Cristiane Backes;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/9141169517444536;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Werle, Flávia Obino Corrêa;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8006653453139072;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Os invisíveis da Prova Brasil: uma análise da avaliação em larga escala considerando a posição (ou a visibilidade) dos alunos;
metadataTrad.dc.description.resumo O presente trabalho é resultado da tese de doutorado em educação, que tem como finalidade contribuir com os gestores na tomada de decisão e de proposição de políticas para a Educação Básica, a partir da identificação de quem são os estudantes invisibilizados na Prova Brasil. A opção metodológica é a pesquisa qualitativa, mediante análise dos questionários contextuais da Prova Brasil de 2011, preenchidos pelos estudantes do 9º Ano do Ensino Fundamental do Rio Grande do Sul. Ela está ancorada nos pressupostos teóricos e pesquisas de Alicia Bonamino, Bernadete Gatti e Flávia Obino Corrêa Werle a respeito da história da avaliação em larga escala; nas noções de pertencimento, de igualdade e desigualdade social a partir dos estudos de Bourdieu, José de Souza Martins, Maria Celi Scalon e Maria Alice Nogueira; e no ciclo de políticas de Stephen Ball e Jefferson Mainardes para análise dos discursos, dos textos e das práticas que formam e conformam as políticas educacionais. Os principais resultados da tese comprovam a existência de normativas que excluem estudantes do 9º Ano do Ensino Fundamental da participação na avaliação em larga escala. Esses invisíveis na Prova Brasil compõem a parcela da população que vive nas regiões rurais, frequentam turmas com menos de vinte alunos ou são filhos das camadas sociais itinerantes no país. Conhecê-los e caracterizá-los é possível devido aos dados fornecidos pelos estudantes que participam do processo de avaliação. A tese também confirma que aproximadamente um terço dos estudantes, participantes da avaliação, tiveram seus dados e seus desempenhos desconsiderados devido a critérios normativos, gerando mais invisíveis. Assim, as informações dos questionários de contexto dos estudantes da Prova Brasil precisam ser cruzadas com indicadores das escolas, como os previstos nas avaliações institucionais internas, para subsidiar os gestores municipais na proposição de novas políticas educacionais.;
metadataTrad.dc.description.abstract This work is the result of the doctoral thesis in education which aims to contribute with educational managers in decision making and in the proposition of policies for Basic Education, with the identification of the invisible students in Prova Brasil. The methodological approach is the qualitative research, by the analysis of contextual questionnaires from Prova Brasil of 2011, which were filled out by students of 9th Elementary School grade from Rio Grande do Sul state. The study is anchored on theoretical assumptions and researches of Alicia Bonamino, Bernadete Gatti and Flávia Obino Corrêa Werle which are related to the history of large database assessment; in the notion of belonging, of social equality and social inequality based on Bourdieu, José de Souza Martins, Maria Celi Scalon and Maria Alice Nogueira studies; and in the policies cycle of Stephen Ball and Jefferson Mainardes to analyze the discourses, the texts and the practices which form and conform the educational policies. The main thesis results prove the existence of regulations that exclude 9th Elementary School grade students from the large database assessment. These Prova Brasil invisible students consist of people who live in rural regions, who are in classes with less than twenty students, or who are children of itinerant social groups from the country. It is possible to know and to characterize them due the data provided by students that were in the assessment process. The thesis also confirm that approximately one third of the students, who are part of the assessment, have their data and their performance disregarded because of normative criteria, and this generate more invisible students. So, the information of the contextual questionnaires from the students that did the Prova Brasil have to be linked with the schools indicators, as it is expected in the internal institutional assessments, subsidizing municipal managers in the proposition of new educational policies.;
metadataTrad.dc.subject Invisíveis; Prova brasil; Indicador de avaliação; Ensino fundamental; Estudantes; Questionários contextuais; Capital cultural; Invisibles; Assessment indicator; Elementary school; Students; Contextual questionnaires; Cultural capital;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Educação;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2016-09-29;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/6010;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Educação;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics