RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Educação, ambiente e segurança: entre o educar e o proteger

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Brandão, Nágila de Moura;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/4337845933077984;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Adams, Telmo;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7293725605745367;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Educação, ambiente e segurança: entre o educar e o proteger;
metadataTrad.dc.description.resumo A presente tese visou pesquisar as práticas de trabalho de policiais militares lotados no Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia Militar do estado de Mato Grosso. Buscou-se verificar quais as contradições entre a natureza institucional e o papel historicamente definido para a Polícia Militar de Mato Grosso no trabalho de proteção ambiental e as possibilidades de uma articulação entre fiscalização e educação ambiental. Além disso, a pesquisa problematizou a natureza institucional e o papel historicamente definido no trabalho de proteção ambiental e as possibilidades de uma articulação entre fiscalização e educação ambiental. O estudo teve por base o método materialista histórico-dialético, assumindo epistemologias do campo da teoria descolonial, feminista e vegetariana. A metodologia de pesquisa utilizada foi a análise discursiva, sob os conceitos de semiótica, alteridade, dialogismo, exotopia, polifonia, discurso, enunciado e autoria com base em Bakhtin. Também foi assumido o conceito de ‘referente ausente’ como estratégia metodológica para lidar com os constrangimentos e os impedimentos no uso da fala como elemento informativo; além do ser social de acordo com Lukács. Entre os resultados obtidos foi possível verificar que, em meio a contradições, as ligações solidárias entre os sujeitos permitem que haja uma troca dialógica no campo ambiental entre policiais e sujeitos fiscalizados. Ainda, foi possível verificar que o papel da instituição pesquisada é limitado, diante da necessidade anterior e maior de questionar os sistemas que atravessam nossas sociedades e impedem a devida compreensão de nós mesmos enquanto sujeitos e dos demais componentes humanos e não humanos, que dividem conosco o espaço que chamamos meio ambiente.;
metadataTrad.dc.description.abstract The present dissertation aimed to investigate the work practices of military police officers crowded in the Battalion of Environmental Protection of the Military Police of the state of Mato Grosso The research verified the contradictions of the institutional nature and the historically defined role for the Military Police of Mato Grosso in the work of environmental protection and the possibilities of an articulation between inspection and environmental education. The study was based on the historical-dialectical materialist method, assuming epistemologies in the field of decolonial, feminist and vegetarian theory. The research methodology used was the discursive analysis, considering the concepts of semiotics, alterity, dialogism, exotopia, polyphony, discourse, enunciation and authorship based on the author Bakhtin. The concept of 'absentee referent' was also used as a methodological strategy to deal with constraints and impediments in the use of speech as an information element; besides the social being according to Lukács. Among the results obtained it was possible to verify that, in the midst of contradictions, the solidarity bonds between the participants allow a dialogical exchange in the environmental field between police and controlled subjects. Moreover, it was possible to verify that the role of the institution studied is limited, given the previous and greater need to question the systems that cross our societies and prevent the proper understanding of ourselves as subjects and of the other human and nonhuman components that share with us the space we call the environment.;
metadataTrad.dc.subject Educação ambiental; Meio ambiente; Polícia militar ambiental; Environmental education; Environment; Environmental military police;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Educação;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2019-02-25;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/8680;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Educação;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics